Últimas Notícias

Hamilton vence última corrida do ano e quebra recorde

Vitória de ponta a ponta em Abu Dhabi garantiu ao piloto mais de 400 pontos na temporada

[...]

Leia +

Hamilton vence no Brasil e Mercedes fatura o penta

Com direito a quebra de recorde da pista no treino classificatório, Lewis termina em primeiro, Bottas em quinto e Flechas de Prata cumprem último grande objetivo da temporada: o título do Mundial de Construtores

[...]

Leia +

Em coletiva especial, PETRONAS lança nova linha de produtos Tutela

Além do lançamento, o evento contou com homenagens a Lewis Hamilton e à Fundação Bachiana Filarmônica, que recebeu doações de instrumentos da PLI

[...]

Leia +

Hamilton conquista o pentacampeonato mundial, 364 dias após o tetra

No México, mesmo circuito do último título, britânico crava seu nome como um dos maiores da história da F1, empata com Fangio e agora só perde para Schumacher em número de troféus

[...]

Leia +

EMBARQUE NESSA EXPERIÊNCIA DE VELOCIDADE!

O PETRONAS F1 Experience é uma experiência de Realidade Virtual que vai fazer você se sentir um verdadeiro piloto da equipe Mercedes-AMG PETRONAS!

[...]

Leia +

Com outra vitória dominante, Hamilton e Mercedes se aproximam da história

Publicado por: PETRONAS 17 de Agosto de 2020
Com outra vitória dominante, Hamilton e Mercedes se aproximam da história

A sexta etapa da temporada 2020 da F1 aproximou o vencedor Lewis Hamilton e a equipe Mercedes-AMG PETRONAS de marcas históricas. Para o piloto, faltam três vitórias para alcançar Michael Schumacher como o maior vencedor de GP da história; para a escuderia, o inédito sétimo título parece cada vez mais perto. Ambos têm pouco menos de duas corridas de vantagem na liderança.

Os treinos livres e classificatório em Barcelona mantiveram o domínio já conhecido da equipe Mercedes-AMG PETRONAS, mas outros dois assuntos foram pauta: o forte calor, que poderia afetar os pneus e dar outro rumo à corrida, e os rumores de uma possível alteração de regra para a temporada 2021, visando diminuir o domínio absoluto na categoria, conquistado com um trabalho histórico da Mercedes e do time PETRONAS. A preocupação com os pneus foi a única em pauta durante o fim de semana – os motores mantiveram seu papel importante nessa hegemonia com o lubrificante PETRONAS Syntium.

No domingo, com a manutenção do forte calor, dois tópicos geraram a maior expectativa: a largada e a estratégia para a troca dos pneus. O primeiro ponto mostrou o motivo de preocupação: houve aglomeração nos carros da frente, com Bottas caindo para a quarta colocação. Lewis Hamilton largou bem e conseguiu manter a ponta. O finlandês não demorou nem duas voltas para recuperar uma posição e assumir o terceiro lugar.

As primeiras 10 voltas foram marcadas por um controle magistral do hexacampeão Hamilton: administrava em pontos mais lentos da pista e acelerava em pontos de ultrapassagem. Assim, o #44 manteve 1,5s de margem para Max Verstappen sem desgastar tanto os pneus. O holandês chegou a comentar que Lewis “estava devagar” no rádio da equipe, mas não conseguiu alcançá-lo por esse motivo.

A partir da 11ª volta, Hamilton acelerou para abrir vantagem, sabendo que pouco depois da 20ª trocaria os pneus. Volta a volta, a diferença foi aumentando, inclusive com o britânico fazendo quatro vezes seguidas a volta mais rápida da corrida. Mais de 5s separavam os dois primeiros no momento da parada de Max.

Até o fim, Hamilton passeou pelo circuito catalão para receber a sua 88ª bandeirada na ponta. Bottas trocou os pneus para macios e conseguiu o ponto extra pela volta mais rápida. Após a corrida, Lewis fez enormes elogios ao carro e à equipe, que soube identificar o que não deu certo na corrida anterior, a única da temporada sem vitória da equipe Mercedes-AMG PETRONAS. “Eu estava espantado, a sensação do carro era realmente boa hoje. Tivemos o problema com os pneus e entendemos o que aconteceu na semana passado, algo que nos permitiu conseguir o resultado hoje. Agradeço a todos na fábrica durante essa semana complicada”, afirmou, entusiasmado.

Hamilton, agora, soma 132 pontos e tem 37 de vantagem na liderança da F1. No Mundial de Construtores, a equipe Mercedes-AMG PETRONAS alcançou os 221 pontos, 86 a frente da segunda colocada. Vale ressaltar a proximidade de alcançar duas corridas de margem com apenas seis disputadas.

O próximo GP acontece no fim do mês, dia 30, na Bélgica.

Fonte: https://www.grandepremio.com.br/f1/noticias/espantado-carro-hamilton-diz-que-poderia-fazer-superstint-de-pneus-medios/?fl=true&utm_source=lance

Não há comentários.

Últimas Notícias

Hamilton vence última corrida do ano e quebra recorde

Vitória de ponta a ponta em Abu Dhabi garantiu ao piloto mais de 400 pontos na temporada

[...]

Leia +

Hamilton vence no Brasil e Mercedes fatura o penta

Com direito a quebra de recorde da pista no treino classificatório, Lewis termina em primeiro, Bottas em quinto e Flechas de Prata cumprem último grande objetivo da temporada: o título do Mundial de Construtores

[...]

Leia +

Em coletiva especial, PETRONAS lança nova linha de produtos Tutela

Além do lançamento, o evento contou com homenagens a Lewis Hamilton e à Fundação Bachiana Filarmônica, que recebeu doações de instrumentos da PLI

[...]

Leia +

Hamilton conquista o pentacampeonato mundial, 364 dias após o tetra

No México, mesmo circuito do último título, britânico crava seu nome como um dos maiores da história da F1, empata com Fangio e agora só perde para Schumacher em número de troféus

[...]

Leia +

EMBARQUE NESSA EXPERIÊNCIA DE VELOCIDADE!

O PETRONAS F1 Experience é uma experiência de Realidade Virtual que vai fazer você se sentir um verdadeiro piloto da equipe Mercedes-AMG PETRONAS!

[...]

Leia +