Em fim de semana de novidades, também tivemos um cenário tradicional: corrida marcante com vitória de Lewis, que mostrou estar forte na busca pelo oitavo título, junto com a equipe Mercedes-AMG PETRONAS 

"> Em fim de semana de novidades, também tivemos um cenário tradicional: corrida marcante com vitória de Lewis, que mostrou estar forte na busca pelo oitavo título, junto com a equipe Mercedes-AMG PETRONAS 

"/> Em fim de semana de novidades, também tivemos um cenário tradicional: corrida marcante com vitória de Lewis, que mostrou estar forte na busca pelo oitavo título, junto com a equipe Mercedes-AMG PETRONAS 

">

Últimas Notícias

Hamilton vence última corrida do ano e quebra recorde

Vitória de ponta a ponta em Abu Dhabi garantiu ao piloto mais de 400 pontos na temporada

[...]

Leia +

Hamilton vence no Brasil e Mercedes fatura o penta

Com direito a quebra de recorde da pista no treino classificatório, Lewis termina em primeiro, Bottas em quinto e Flechas de Prata cumprem último grande objetivo da temporada: o título do Mundial de Construtores

[...]

Leia +

Em coletiva especial, PETRONAS lança nova linha de produtos Tutela

Além do lançamento, o evento contou com homenagens a Lewis Hamilton e à Fundação Bachiana Filarmônica, que recebeu doações de instrumentos da PLI

[...]

Leia +

Hamilton conquista o pentacampeonato mundial, 364 dias após o tetra

No México, mesmo circuito do último título, britânico crava seu nome como um dos maiores da história da F1, empata com Fangio e agora só perde para Schumacher em número de troféus

[...]

Leia +

EMBARQUE NESSA EXPERIÊNCIA DE VELOCIDADE!

O PETRONAS F1 Experience é uma experiência de Realidade Virtual que vai fazer você se sentir um verdadeiro piloto da equipe Mercedes-AMG PETRONAS!

[...]

Leia +

God Save the King! Inspirado e em casa, Hamilton tem vitória marcante na Inglaterra

Publicado por: PETRONAS 19 de Julho de 2021
God Save the King! Inspirado e em casa, Hamilton tem vitória marcante na Inglaterra

O GP da Inglaterra 2021 trouxe o que os fãs da F1 tanto se acostumaram a ver: uma performance espetacular de Lewis Hamilton e da equipe Mercedes-AMG PETRONAS. Em um novo modelo de classificação e na primeira etapa após atualização do carro, os heptacampeões ressurgiram e mostraram que seguem firme em busca do oitavo título dos Mundiais de Pilotos e Construtores. 

A grande novidade para o fim de semana foi a implementação do “Sprint de Classificação” no sábado, alterando a dinâmica de classificação para a corrida e premiando os mais bem colocados com pontos extras. Neste cenário, o lubrificante PETRONAS Syntium teve trabalho em dobro para trazer o máximo desempenho e proteção para ajudar na arrancada rumo a mais uma conquista.  

Com Lewis e Bottas largando respectivamente em segundo e terceiro, a novidade por parte da equipe Mercedes-AMG PETRONAS ficou por conta da primeira corrida após atualização no carro, que permitiu que os pilotos andassem mais próximos dos adversários da Red Bull. Hamilton, inclusive, largou em primeiro no “Sprint de Classificação”, após conquistar a melhor volta no Q3 de sexta-feira. 

Como se já não tivéssemos novidades suficientes, a largada da corrida foi absolutamente fantástica. Desta vez, diferentemente de outras corridas, Lewis Hamilton partiu com todas com as forças para cima de Max Verstappen, gerando um duelo incrível nas primeiras curvas, lado a lado. A intensidade do duelo foi tão alta, com briga por cada centímetro, que acabou em acidente: na curva Copse (guarde o nome dela!), os carros se tocaram e o holandês saiu da pista, se chocando forte contra o muro de proteção. Apesar de ter saído do carro um pouco desorientado, Verstappen está bem. A prova recebeu bandeira vermelha e ficou 40 minutos paralisada. 

Enquanto o #33 recebia atendimento e o carro era retirado da pista, com reposição da barreira de proteção, os comissários da prova analisavam as imagens para uma eventual punição a Hamilton. Isso tudo era feito em meio à pressão das duas equipes envolvidas. No caso da Red Bull, uma frase muito repetida foi que “todos sabem que não há como ultrapassar na curva Copse”. A prova foi reiniciada com uma nova largada e, logo depois, o anúncio: 10 segundos de punição para o piloto inglês, que novamente largou em segundo, após Leclerc assumir a ponta depois do duelo que gerou o incidente. Bottas largou em quarto, apesar perder uma colocação. 

Lewis seguia Leclerc de perto, apesar de reclamação de bolhas no pneu que comprometiam o desempenho do carro. Enquanto as imagens da TV davam razão ao dono da casa, o monegasco teve um susto com um apagão momentâneo do motor. Esse duelo fez com houvesse momentos de aproximação máxima de Lewis e de maior distanciamento na liderança. 

Com a punição a pagar, Hamilton precisou esperar os outros pararem primeiro, para tentar pegar uma pista menos congestionada. Com a maioria já tendo feito o seu pit-stop, Lewis entrou nos boxes na volta 27, praticamente metade da prova. Após os 10 segundos parados, a equipe repete a ótima troca de pneus realizada com Valtteri. 

O heptacampeão voltou em quinto, mas sabia que ainda veria Carlos Sainz parar e deveria assumir essa colocação. Seguindo frio, mesmo sob pressão, após assumir o quarto lugar com a parada do espanhol, o #44 foi para cima do compatriota Lando Norris e não deu chances: passou como um raio. Onde? Na curva Copse, a mesma do acidente com Verstappen, em que a Red Bull afirmou que não era possível ultrapassar. Neste momento, eram 13s de diferença para o líder 4s para o companheiro Valtteri Bottas, que se beneficiou de pit-stops ruins dos rivais para assumir e abrir vantagem na segunda colocação. 

Voando baixo e levantando a arquibancada com um desempenho espetacular, Lewis chegou e contou com uma estratégia de equipe para passar Bottas sem dificuldades e iniciar sua perseguição a Leclerc, com 11 voltas para acabar a prova e 8s de distância. 

Tirando 1s por volta e sendo o único piloto a andar na casa de 1’29’’, Lewis conseguia manter um desempenho único na corrida. Ao ser comunicado que era possível alcançar Leclerc, respondeu aos engenheiros com o seu já tradicional: “Ok, agora me deixe sozinho”. E novamente deu certo. 

Faltando duas voltas, o inglês colou no adversário e "engoliu” o rival com uma ultrapassagem fulminante. Onde? Novamente na curva Copse! Simbólico. Depois disso, só abriu vantagem para consolidar a sua 99ª vitória na carreira, a 8ª em casa, em Silverstone – disparado o maior vencedor deste GP. Vitória no talento e em uma arrancada de campeão, superando uma dura punição de 10 segundos. Bottas fechou o pódio e garantiu o 3º lugar. 

Na comemoração, uma grande cena: com o autódromo lotado, conforme o avanço dos países no combate à Covid-19, o piloto deu uma volta vibrando dentro do carro, empunhando uma bandeira do Reino Unido e levando à loucura os torcedores presentes. Um momento que fez lembrar o ídolo de Lewis Hamilton, o brasileiro Ayrton Senna. 

Após um fim de semana com péssima pontuação no GP de Mônaco (há seis corridas, quando a equipe conquistou apenas os 7 pontos de Hamilton), foi importante poder alinhar talento e competência com um pouco de sorte, em uma grande exibição. Agora, Lewis está a apenas 8 pontos de Verstappen, enquanto a equipe Mercedes-AMG PETRONAS colou na Red Bull, ficando 4 pontos atrás. 

A próxima corrida acontece daqui duas semanas, no GP da Hungria, às 10h (horário de Brasília). Hamilton venceu quatro das últimas cinco etapas em solo húngaro, incluindo as últimas três. É com muitas sobras o maior vencedor deste GP, com oito (pelo menos o dobro de qualquer outro piloto). Esta será a última corrida antes da pausa de três semanas no calendário.  

Não há comentários.

Últimas Notícias

Hamilton vence última corrida do ano e quebra recorde

Vitória de ponta a ponta em Abu Dhabi garantiu ao piloto mais de 400 pontos na temporada

[...]

Leia +

Hamilton vence no Brasil e Mercedes fatura o penta

Com direito a quebra de recorde da pista no treino classificatório, Lewis termina em primeiro, Bottas em quinto e Flechas de Prata cumprem último grande objetivo da temporada: o título do Mundial de Construtores

[...]

Leia +

Em coletiva especial, PETRONAS lança nova linha de produtos Tutela

Além do lançamento, o evento contou com homenagens a Lewis Hamilton e à Fundação Bachiana Filarmônica, que recebeu doações de instrumentos da PLI

[...]

Leia +

Hamilton conquista o pentacampeonato mundial, 364 dias após o tetra

No México, mesmo circuito do último título, britânico crava seu nome como um dos maiores da história da F1, empata com Fangio e agora só perde para Schumacher em número de troféus

[...]

Leia +

EMBARQUE NESSA EXPERIÊNCIA DE VELOCIDADE!

O PETRONAS F1 Experience é uma experiência de Realidade Virtual que vai fazer você se sentir um verdadeiro piloto da equipe Mercedes-AMG PETRONAS!

[...]

Leia +